Obrigatoriedade de vender carteira de imóveis pode ser revista

O presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, disse em entrevista à imprensa que existe a possibilidade de que a legislação que obriga os fundos de pensão a se desfazerem de suas carteiras de imóveis em 12 anos seja revista. Segundo Martins, “há uma sensibilidade dos nossos interlocutores do Ministério da Economia para que possamos, pelo menos, preservar nossos estoques”.

A obrigatoriedade de venda dos imóveis físicos em 12 anos foi criada pela resolução 4.661, que estabeleceu que as fundações só poderão investir no setor por meio de fundos imobiliários. Hoje, os imóveis representam 3,5% dos ativos das fundações, ou R$ 31,5 bilhões. A Abrapp montou um grupo de trabalho para apresentar ao Ministério propostas de alterações na redação da 4.661, informou o presidente da entidade.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso