Western Asset eleva projeção do PIB para 2020

A aprovação, sem surpresas, da reforma da previdência injetou otimismo nas gestoras de recursos. Antes mesmo do segundo turno de votação da proposta pelo Senado, na última terça-feira (22/10), a Western Asset, detentora de uma carteira de cerca de R$ 43 bilhões no Brasil, promoveu uma revisão com viés de alta na sua projeção de crescimento do produto interno bruto (PIB) doméstico para 2020, de 1,6% para 1,9%. “A reforma não foi o único fator considerado no ajuste, mas teve um peso importante. Entre outras razões, porque a melhoria das condições fiscais do país a médio e longo prazo viabiliza a manutenção da taxa Selic em patamares reduzidos”, comenta o head de client service & marketing Marc Forster. 

Na avaliação da casa, a atual política monetária, de caráter estimulante, e a recuperação gradual do emprego – com a criação de 1,8 milhão de postos de trabalho entre agosto de 2018 e igual período deste ano – sinalizam com uma recuperação das operações de crédito, que pode se manifestar já nos próximos meses. A equação tem lógica, mas, como o próprio executivo admite, os agentes econômicos ainda estão à espera de indicadores que mostrem de maneira mais efetiva e nítida o aquecimento do nível de atividades. “O dado importante, entretanto, é a gradual recuperação do grau de confiança do mercado, a partir da constatação de que a agenda do Executivo federal tem um cunho inequivocamente liberal”, observa Forster.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso