Indústria de fundos perde R$ 5,2 bi em 13 dias de dezembro

Segundo a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), a indústria brasileira de fundos de investimento teve resgates líquidos de R$ 5,2 bilhões entre os dias 1º e 13 de dezembro. Mas no acumulado do ano, até 13 de dezembro, a indústria teve captação líquida positiva de R$ 230,7 bilhões.

Nos 13 dias de dezembro os fundos que mais perderam foram os de renda fixa, com resgates líquidos de R$ 14,63 bilhões, seguidos por ETFs com perdas de R$ 736 milhões, FIPs perdendo R$ 367 milhões, Previdência perdendo R$ 214 milhões e Cambial perdendo R$ 84 milhões. Fundos de ações tiveram captação líquida positiva de R$ 7,06 bilhões, seguido de FIDCs com ganhos de R$ 2,47 bilhões e  multimercados com R$ 1,31 bilhões.

No acumulado do ano, até 13 de dezembro, apenas os fundos de renda fixa tiveram resgates, com R$ 17,71 bilhões negativos. As demais classes ganharam, com captação positiva de R$ 75,92 bilhões para os fundos de ações, R$ 60,17 bilhões para os multimercados, R$ 62,38 bilhões para os FIDCs, R$ 32,68 bilhões para os fundos de previdência, R$ 10,19 bilhões para FIPs e R$ 9,89 bilhões para os ETFs.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso