QR Capital prepara fundos de criptoativos

Ainda em processo de formação no Brasil, o mercado de fundos de investimento em criptoativos ganha um novo player, a QR Capital Gestora de Recursos. Depois de receber, na primeira quinzena de dezembro, o sinal verde da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para iniciar suas operações, a asset carioca já prepara a apresentação de seus primeiros produtos. “Vamos lançar dois fundos: um voltado a investidores qualificados, com 100% da carteira aplicado em criptoativos, e outro para pessoas físicas, com 80% em renda fixa e o restante em criptoativos”, diz o sócio-fundador e CEO Fernando Carvalho, que projeta para a dupla, até o fim do próximo ano, um patrimônio líquido total ao redor de R$ 250 milhões, incluindo captação e valorização.

Constituída em fevereiro último, a QR Capital tem origem em uma fintech homônima criada há dois anos. Além de Carvalho, que é administrador de empresas e embaixador regional do Global Blockchain Business Council (GBBC), a cúpula do negócio conta, entre outros, com o CIO Marcos Bodin, fundador da corretora Arkhe, comprada em 2009 pela britânica Icap, e o gerente de portfólio Theodoro Fleury, que de 2015 até recentemente liderou a mesa de opções e derivativos da filial local da corretora britânica Tullet Prebon. “Composta por seis profissionais, a nossa equipe de análise tem em seu radar cerca de 50 criptoativos, além do tradicional bitcoin. A intenção é oferecer gestão ativa aos investidores”, observa o CEO.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso