Lucro das empresas de capital aberto cresce 10,6% no 3º tri

O lucro consolidado de 309 empresas de capital aberto no terceiro trimestre deste ano foi de R$ 59,7 bilhões, antes R$ 54 bilhões no mesmo período de 2018. O crescimento, de R$ 5,72 bilhões no período (10,6%), foi informado pela consultoria Economática com base nos demonstrativos financeiros entregue pelas empresas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) até o dia 15 de novembro.

De acordo com o levantamento, o setor mais lucrativo é o de Bancos, com 24 instituições, que juntas lucraram R$ 21,6 bilhões no 3º tri de 2019, ante R$ 18,9 bilhões no 3º tri de 2018, um crescimento de R$ 2,66 bilhões (14,1%). Já o setor de Papel e Celulose, com quatro empresas, teve o maior prejuízo no trimestre, com R$ 3,31 bilhões negativos. O setor é influenciado pesadamente pela Suzano S.A, com prejuízo de R$ 3,46 bilhões no 3º tri de 2019.

Dos 26 setores listados pela Economatica, 15 têm crescimento e 11 têm queda de lucratividade na comparação dos dois trimestres.


Cadastre-se e receba gratuitamente newsletter do site Investidor Institucional, com síntese das nossas notícias diárias. Preencha os dados abaixo e nos envie, inserindo a seguir o email ii@investidorinstitucional.com.br na sua lista de contatos para não sermos barrados como spam.
Li e concordo com termos e condições de uso